Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Subprocurador pede que TCU investigue viagem de Santini

Equipe BR Político

O subprocurador-geral do TCU, Lucas Furtado, entrou com uma representação contra o ex-secretário-executivo da Casa Civil, Vicente Santini, na qual pede que o tribunal apure o uso por parte de Santini e duas assessoras de avião da FAB para ir a Davos e à Índia. Se for condenado pelo TCU, Santini poder ter que devolver o dinheiro gasto com o seu deslocamento.

No texto, enviado ao tribunal na quarta-feira, 29, Furtado cita que houve “dano causado ao Erário por ato flagrantemente antieconômico”. Ele chama a atenção para o fato de que Santini poderia ter optado por voos comerciais ao invés de utilizar aeronaves da FAB.

“Nada obstante, entendo que, ante a imoralidade do fato e o seu indubitável caráter antieconômico, reconhecidos pelo próprio presidente da República, o caso requer a imediata atuação do TCU”, diz trecho do documento.