Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Super feriado é ‘uma das últimas cartadas’, diz Covas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou nesta terça-feira, 19, que o adiantamento dos feriados de Corpus Christi e Consciência Negra para os dias 20 e 21 de maio são “umas das últimas cartadas que a Prefeitura tem disponível. Em entrevista à CNN, Covas afirmou que é “inviável” falar em lockdown municipal em uma cidade com as dimensões de São Paulo.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas em entrevista à CNN nesta terça

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas em entrevista à CNN nesta terça Foto: Reprodução/CNN

“A antecipação dos feriados municipais é uma das últimas cartadas que nós temos a disposição para manter em pelo menos 56% de restrição de circulação que nós tivemos no último domingo”, disse. O prefeito insistiu que a população faça um “esforço extra” e fique em casa.

A decisão de Covas de antecipar os dois feriados está publicada no Diário Oficial desta terça. O feriado de Corpus Christi cairia em 11 de junho, e a Consciência Negra é celebrada em 20 de novembro.

Sistema financeiro

Sobre a reação negativa que entidades financeiras tiveram ao anúncio do adiantamento dos feriados, Covas afirmou que o “sistema financeiro está sendo muito mal assessorado juridicamente”. “Aqui não está se falando em lockdown, tá falando em feriado”. Sábado passado várias agências abriram para poder pagar o auxílio emergencial. Basta resolver uma questão trabalhista de descanso remunerado que a pessoa pode abrir. Não há nenhuma necessidade de excluir do feriado. As pessoas não estão proibidas (de abrir), é como qualquer fim de semana”, destacou Covas. Que reforçou que qualquer atividade listada entre as essenciais pode funcionar no super feriado.

Tudo o que sabemos sobre:

Bruno CovasferiadosSão Pauloisolamento