Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Tabata contra o ‘vácuo’ social no Congresso

Equipe BR Político

Ainda com futuro partidário incerto, a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) entregou, nesta semana, ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um plano para a área social. O foco das medidas é em áreas como educação, trabalho e distribuição de renda. A elaboração das propostas havia sido encomendada por Maia em abril.

“Elas (as medidas) preenchem um vácuo que foi deixado. Tudo o que o governo mandou nessa direção foi muito pontual, coisa mínima. Estamos fazendo mudanças estruturais que ninguém fez ainda. Queremos colocar o Bolsa Família na Constituição”, afirmou a deputada, em entrevista ao Estadão.

Ao falar sobre a necessidade de atualização do Bolsa Família, que teria um custo estimado em R$ 9,1 bilhões, Tabata reconhece que algumas das medidas implicam em aumentam os gastos públicos. Neste sentido, ela admite que será um desafio conquistar o apoio do Congresso ao plano.

“Na terça-feira apresentamos aos líderes da Câmara e os sensibilizamos de que há um vácuo, uma ausência muito grande do governo nessa área e que a Casa deveria ocupar. Agora, se vou conseguir convencer todos os partidos, ai, eu conto muito com a liderança do presidente Maia”, disse.