Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Tatto ignora Bolsonaro em convenção do PT e justifica: ‘Eu estava tão leve’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

¨Não faz bem para a alma ficar falando do Bolsonaro. Hoje eu estava tão leve, tão feliz¨, justificou o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo durante a convenção do partido no sábado, 12, ao ser questionado sobre a não citação ao presidente da República em seu discurso ao lado do ex-prefeito Fernando Haddad. Como você tem lido aqui no BRP, uma das apostas do PT paulistano é de nacionalizar a campanha de Tatto contra qualquer nome bolsonarista que surgir na disputa, seja Celso Russomanno (Republicanos) ou Márcio França (PSB).

O tom nacional veio do ex-presidente Lula em vídeo apresentado no evento.¨A partir de São Paulo, e de cada cidade neste País, vamos juntos reconstruir este nosso Brasil¨, disse Lula. A ¨reconstrução¨ do Brasil a partir das cidades é o mote nacional das campanhas do PT nestas eleições municipais. Lula deve repetir o bordão em programas dos 85 candidatos petistas lançados em cidades onde o segundo turno é previsto, lembra o Estadão.

Fernando Haddad e Jilmar Tatto, em convenção na laje. Foto: Filipe Araújo/Divulgação