Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Tebet: ‘Se economia não reagir, governo não se sustenta’

Equipe BR Político

Na avaliação da presidente da CCJ do Senado, senadora Simone Tebet (MDB-MS), declarações dadas pelo presidente Jair Bolsonaro, seus familiares ou membros do governo – como a fala do ministro Paulo Guedes sobre o AI-5 – causam paralisia nas atividades do Congresso. Em entrevista à Folha e ao UOL, ela afirma que é difícil entender como funciona a dinâmica do governo – de se é método ou não intencional – em relação às manifestações feitas por seus membros.

“Se é intencional ou não, eu não saberia dizer. É difícil entender a dinâmica e como funciona esse governo. Só posso dizer que isso contamina e atrapalha o próprio governo. Enquanto a gente avança com a pauta econômica, muitas vezes vem uma fala infeliz ou atravessada do governo e paralisa os trabalhos do Congresso Nacional”, disse.

Neste sentido, segundo ela, se a economia não for capaz de reagir até o ano que vem, se a previsão de PIB não subir e o desemprego não diminuir, por exemplo, o governo corre sério risco.

“Se a economia não reagir até o ano que vem, se nós continuarmos com esse PIB pífio e não voltarmos a gerar emprego e renda, se continuamos tendo esses números vergonhosos de desemprego, se voltarmos a ver pessoas voltando para as ruas porque não têm um teto para morar, esse governo não consegue se sustentar”, afirma.

Tudo o que sabemos sobre:

Simone TebetgovernoEconomia