Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Teich afirma que foco ‘são as pessoas’ após marcha de Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou nesta quinta-feira, 7, após o presidente Jair Bolsonaro ir ao STF fazer pressão pela flexibilização do isolamento social, que seu foco, como ministro, “são as pessoas”. Teich estava em reunião da Comissão Externa de Ações Contra o Coronavírus da Câmara quando Bolsonaro voltou a se movimentar pela volta total às atividades econômicas. O ministro foi questionado sobre a visita do presidente com empresários ao STF em pergunta da deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS). 

O ministro da Saúde, Nelson Teich, durante a reunião da Comissão Externa de Ações Contra o Coronavírus nesta quinta

O ministro da Saúde, Nelson Teich, durante a reunião da Comissão Externa de Ações Contra o Coronavírus nesta quinta Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O ministro, que desde ontem tem reforçado que o plano da sua pasta inclui a recomendação de lockdown para lugares com situação mais crítica de transmissão e disponibilidade de leitos, evitou criticar a atitude de Bolsonaro: “Eu não sabia da saída do presidente. Eu fui designado por ele para fazer o Brasil passar por este momento e estruturar o sistema de saúde melhor. Ele está preocupado com o País e com as pessoas, mas não teria colocado isso como objetivo da minha vinda”, disse. “O que eu posso garantir é que estou aqui para tratar das pessoas. O meu foco como ministro da Saúde é a sociedade, são as pessoas.” Mais tarde, o ministro afirmou que a pauta do isolamento é uma questão técnica e gostaria de que não seja transformada em uma discussão política.