Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Teich estima 230 mil por covid-19 no Brasil: ‘Pior que a gripe espanhola’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, estima que, com as subnotificações de mortes, o coronavírus já matou mais de 230 mil pessoas no Brasil. Isso coloca a doença como mais letal do que a pandemia de gripe espanhola, que atingiu o Brasil entre 1918 e 1919. “A Covid-19 é a pior pandemia que o Brasil já viveu, ela é mais grave que a Gripe Espanhola”, disse Teich. “O Brasil marcou ontem, dia 24 de dezembro, 190 mil mortes. Se incluirmos nesse número as mortes subnotificadas, que conservadoramente representam 20% do total atual”, explicou o ex-ministro.

Nas contas de Teich, se ajustada a realidade de 1919 para cá, a gripe espanhola teria atingido 243 mil brasileiros. Com o Brasil tendo 30.6 milhões de habitantes, a pandemia do início do século passado matou 35 mil pessoas. “Se ajustarmos a mortalidade daquela época para os dias atuais, onde o Brasil tem aproximadamente 212.4 milhões de habitantes, o número equivalente de mortes em 2020 seria de aproximadamente 243 mil mortos.”

Tudo o que sabemos sobre:

Nelson Teichcoronavírus