Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Teich silencia sobre ‘campanha anti-isolamento’ de Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Diante do recorde no número de mortos, e a triste notícia de que o Brasil superou a China nos óbitos por coronavírus, o ministro Nelson Teich silenciou sobre a “campanha anti-isolamento’ promovida por Jair Bolsonaro. Enquanto Teich dava uma breve coletiva, na qual admitiu que os números indicam que a curva cresce, Bolsonaro batia o bumbo em frente ao Palácio do Alvorada, dizendo que não tem o que fazer diante do número de mortos e falando para apoiadores que quer o fim das medidas de isolamento social.

“Há alguns dias eu coloquei que (o número de mortos e contaminações) poderia ser um acúmulo de casos de dias anteriores que foi simplesmente resgatado, mas como temos manutenção desses números elevados e crescentes, temos que abordar isso como um problema, como uma curva que vem crescendo, como um agravamento da situação”, disse Teich. Como as perguntas para coletiva foram selecionadas previamente, o ministro “escapou” de ser confrontado com as ações de seu chefe.