Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Temer: ‘Demorou para o governo admitir que precisa de apoio ao Congresso’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-presidente Michel Temer afirmou que o seu sucessor no Executivo, Jair Bolsonaro, demorou para se aproximar do Congresso Nacional nesta sexta-feira, 24. “Demorou para o governo admitir que ele precisa de apoio ao Congresso. Demorou, mas o presidente compreendeu. E quem faz a articulação política é o presidente. É importante, você precisa deles para governar”, disse em live do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE).

Michel Temer (MDB), ex-presidente da República

Michel Temer (MDB), ex-presidente da República. Foto: Agência Brasil

O ex-presidente afirmou considerar que Bolsonaro tem “sorte” pela atuação “vibrante” do Congresso, que tem agido com “muita rapidez”. “Ele deve cada vez mais trazer o Congresso para governar com ele. Não porque queira, mas porque a Constituição determina”, disse.

Tributária

Temer disse também que o governo não pode perder a “janela de oportunidade” para aprovar a reforma tributária. “Acho que está tão maduro agora que não podemos perder essa chance”, afirmou. Para ele, não cabe no momento aumento da carga. “Não se pode pensar em acréscimo de tributos. Se aumentar a carga tributária vai criar um problema. Se neste momento aponta a ideia, isso prejudica até a recuperação econômica do País”, afirmou. O ex-presidente prometeu no seu mandato fazer uma simplificação tributária, mas a proposta não saiu do papel.

Tudo o que sabemos sobre:

Michel TemergovernoJair BolsonaroCongresso