Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Temer desiste de indulto

Marcelo de Moraes

O vai e vem do presidente Michel Temer sobre assinar ou não o indulto de Natal parece ter chegado ao fim. Segundo informam as repórteres Vera Rosa e Mariana Haubert, do Estadão, Temer desistiu de bancar o polêmico benefício  depois que o Supremo Tribunal Federal encerrou seu ano sem decidir sobre a validade do indulto assinado por ele no ano passado. Se não houver mais nenhuma reviravolta, será a primeira vez que o indulto não é concedido desde a redemocratização do País.

Temer também decidiu que não fazia sentido arcar sozinho com todo o desgaste do indulto justamente no momento em que está saindo do governo e vê sua imagem começar a ter uma pequena recuperação diante da opinião pública. Mais cedo, o procurador Roberson Pozzobon, da Lava Jato, tinha feito um longo desabafo nas redes sociais, criticando a provável assinatura do indulto e afirmando que ele levava à impunidade e ao crescimento da criminalidade.