Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Temer réu por lavagem de dinheiro com reforma

Equipe BR Político

Réu em outras três ações penais, uma na Justiça Federal em Brasília e duas na Justiça Federal no Rio, o ex-presidente Michel Temer virou réu pela quarta vez. Agora, o emedebista vai responder pelo crime de lavagem de dinheiro na reforma da casa de sua filha Maristela Temer, em São Paulo, informa o Estadão. Segundo a Procuradoria da República, a reforma custou R$ 1,6 milhão. A Lava Jato afirma que as obras ocorreram entre 2013 e 2014 e foram bancadas com dinheiro de corrupção e desvios que teriam ocorrido entre 2012 e 2016.

“A acusação de lavagem de dinheiro por meio da reforma da casa de uma das filhas de Michel Temer, além de não possuir base em provas idôneas, é infame”, disse o criminalista Eduardo Pizarro Carnelós.

Tudo o que sabemos sobre:

Michel TemerLava Jato