Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Temer sobre 2ª instância: ‘O Supremo decidiu corretamente’

Equipe BR Político

Em entrevista ao Estadão desta quinta-feira, 2, o ex-presidente Michel Temer defendeu a decisão do STF sobre a prisão após condenação em segunda instância. Segundo o emedebista, que é advogado, a postura da Corte em relação à pauta foi acertada.

“O Supremo decidiu corretamente do ponto de vista jurídico. Hoje há muito populismo nas questões de natureza jurídica. Nesse episódio da 2° instância a Constituição diz muito claramente que só será considerado culpado aquele que tiver a sentença condenatória transitada em julgado”, avaliou.

Na sequência, ao falar sobre a soltura do ex-presidente Lula, que até aqui, foi o presidiário mais famoso a se beneficiar da decisão, Temer avaliou como radical a postura do petista depois de posto em liberdade. “Como eu prego muito a pacificação, imaginei que a sabedoria política determinaria que ele dedicasse os 580 dias na prisão à unidade do País. Ele ganharia politicamente. O Brasil também ganharia. Mas ele radicalizou. Achei que isso foi equivocado institucionalmente”, disse.