por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Temer espera o coelhinho em Brasília

José Fucs

Com a prisão de alguns de seus amigos mais próximos na quinta-feira, 29, o presidente Michel Temer desistiu de passar o feriadão da Páscoa em São Paulo e deverá permanecer em Brasília.

Segundo reportagem do UOL, Temer encontrou nesta sexta-feira, 30, com o advogado Antônio Claudio Mariz. Estavam presentes também os ministros Moreira Franco, da Secretaria-Geral, Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional, e Gustavo Rocha, de Direitos Humanos e Subchefia de Assuntos Jurídicos. Oficialmente, não há reuniões agendadas para o presidente até o domingo, 1º de maio, quando Temer deverá avaliar os impactos das prisões sobre o governo e a reforma ministerial. / J.F.