Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Temer vira réu pela 6ª vez

Equipe BR Político

O ex-presidente Michel Temer tornou-se réu pela sexta vez nesta segunda-feira, 6, após a Justiça Federal em Brasília aceitar a denúncia de 2017 do então procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O processo também inclui os ex-ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. O ex-presidente agora é acusado dos crimes de formação de organização criminosa, junto a Padilha e Franco, e obstrução da Justiça no caso envolvendo o empresário Joesley Batista, como informa o Estadão.

O encontro na calada da noite entre os dois, no Palácio do Jaburu, tornou-se conhecido após a divulgação de uma gravação feita pelo empresário na qual Temer afirma: “Tem que manter isso aí, viu?”. Segundo os investigadores, o ex-presidente referia-se à manutenção de propina ao deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) para evitar que ele fizesse um acordo de delação premiada. A defesa de Temer afirma que o ex-presidente “nunca integrou organização criminosa nem obstruiu a justiça, e por isso também essa acusação será desmascarada a seu tempo”.

Tudo o que sabemos sobre:

Michel TemerRodrigo Janotcorrupção