Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Tenho certeza que os números vão mudar’, diz Crivella sobre rejeição

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Enquanto não saem os resultados totais da eleição municipal no Rio de Janeiro, o prefeito e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos), que segundo a pesquisa de boca de urna do Ibope deve ficar em segundo lugar e enfrentar Eduardo Paes (DEM), afirmou “ter certeza de que os números vão mudar” no segundo turno ao chegar na noite deste domingo, 15, no comitê de campanha para acompanhar a apuração dos votos, informou o Broadcast/Estadão. Até o momento, com 30,11% das seções contabilizadas na capital fluminense, Crivella tem 20,98% dos votos válidos enquanto Paes tem 37,39%.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella Fotos: Renan Olaz/CMRJ

Crivella sofre com uma rejeição de 59% do eleitorado da cidade, segundo pesquisa Ibope divulgada no sábado. Apesar disso, ele diz apostar na reversão da sua rejeição. “O segundo turno é mera comparação entre quem governou com muito dinheiro e quem governou com pouco”, afirmou. “Tenho certeza que os números vão mudar. Minha rejeição é de gestão, não é pessoal. Quando os eleitores souberem tudo o que fizemos, isso pode ser revertido”, disse.

“É diferente quando a rejeição é pessoal, quando o candidato é réu e está envolvido em corrupção”, disse. Paes é acusado na Justiça de fraude em licitação de obras públicas. Em setembro, no entanto, o atual prefeito foi acusado de chefiar esquema de corrupção na prefeitura.

Tudo o que sabemos sobre:

Marcelo CrivellaRio de Janeiroeleição