Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Tensão entre movimentos pró-democracia e pró-governo na Paulista

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Dois grupos de manifestantes tiveram um rápido momento de tensão neste domingo, 31, na Avenida Paulista. De um lado, manifestantes pró-governo, vestidos de verde e amarelo. Do outro, um grupo pró-democracia, vestidos de pretos e usando máscaras. O princípio de confusão logo foi desmobilizado pela Polícia Federal, que usou bomba de efeito moral para separar os dois grupos.

Ato na Paulista Foto: Taba Benedicto/Estadão

O grupo pró-democracia ocupava a faixa no sentido Consolação da via, na frente do Masp, e vão livre do museu. A organização envolve grupos antifascistas ligados a torcidas organizadas de futebol, de Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Santos, em conjunto com movimentos sociais. A maioria dos manifestantes usa máscaras, mas há alguns sem proteção, numa aglomeração de pessoas que também contraria orientações de autoridades sanitárias para manter distanciamento social como medida de contenção ao avanço do novo coronavírus.

Do outro lado da rua, o grupo pró-governo se concentra para ato em defesa do presidente Jair Bolsonaro na tarde de hoje. A Policia Militar acompanha a movimentação. Hoje, apoiadores do presidente Bolsonaro também realizaram atos em Brasília, na Esplanada dos Ministérios. Eles carregaram cartazes com pedidos de “intervenção militar” e “fim da ditadura do STF”.