Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Terras indígenas viram negócio

Vera Magalhães

Um total de 3,1 milhões de hectares em áreas indígenas é alvo de arrendamento ilegal. O dado consta de reportagem do Estadão deste domingo, fruto de um levantamento inédito feito a partir de dados oficiais fornecidos pela Funai por meio da Lei de Acesso à Informação Pública. De acordo com essas informações, 22 áreas indígenas são exploradas de forma ilegal por produtores rurais, que pagam aos índios em dinheiro ou em produtos. Nas últimas semanas, a Funai foi objeto de uma disputa às avessas: nenhum ministro parecia quer a entidade sob seu guarda-chuva. No fim, ficou definido que ela estará submetida ao Ministério das Mulheres, Família e Direitos Humanos, sob o comando da pastora evangélica Damares Alves.