Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Testes para covid-19: Ministério promete mais do que entrega

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Em um plano ousado, o Ministério da Saúde quase dobrou a meta e quer distribuir 46,2 milhões de testes para o novo coronavírus. Contudo, a pasta segue com a entrega atrasada das prometidas 23,9 milhões de unidades de exame.

Pasta segue com a entrega atrasada das prometidas 23,9 milhões de unidades de exame

Pasta segue com a entrega atrasada das prometidas 23,9 milhões de unidades de exame Foto: Mohd Rasfan/AFP

Até agora, o ministério só enviou aos Estados 2 milhões de testes rápidos, recomendados para aplicação em profissionais de saúde, e 524,3 mil testes do tipo RT-PCR – mais caro, rápido e preciso.

A ideia de dobrar a meta de testes foi anunciada na segunda-feira, 20, pelo novo ministro da Saúde, Nelson Teich. Ele afirmou que a medida é um pilar do projeto “que já está sendo feito” de revisão do distanciamento social. O fim das quarentenas é uma bandeira do presidente Jair Bolsonaro. Opor-se a ideia foi um dos motivos para a demissão do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), informou o Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

coronavírustestesMinistério da Saúde