Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Think tank contra aquecimento global tem agenda com Salles

Equipe BR Político

Após o episódio do chanceler Ernesto Araújo preocupado com o “alarmismo climático”, o ministro Ricardo Salles tem agenda prevista na semana que vem (19) com um think tank da mesma cepa, em Washington (EUA). É o Competitive Enterprise Institute (CEI), informa a Folha.

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, em conferência em Brasília.

Ricardo Salles. Foto: Adriano Machado/Reuters

Em seu site, o CEI escreve que questiona o “alarmismo referente ao aquecimento global” e se “opõe ao o Tratado de Paris e ao Protocolo de Kyoto” e a “regulação da emissão de gases causadores do efeito estufa”.

O diretor de ambiente da organização, Myron Ebell, é chamado pela imprensa de “o inimigo número 1 da comunidade das mudanças climáticas”. Em julho, o Itamaraty já havia enviado um diplomata para participar de uma conferência com Ebell e outros lobistas contrários às ações ambientais.

Na contramão da reunião do ministro, um dia após este encontro, Washington é uma das cidades previstas para receber atos pela conscientização das mudanças climáticas organizado por jovens ativistas. Greta Thunberg, a sueca de 16 anos que velejou da Europa até Nova York, é uma das ambientalistas a difundir a manifestação.