Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Toffoli concede prisão domiciliar a Geddel Vieira Lima

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu na noite de terça-feira, 14, prisão domiciliar ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, que está infectado pelo novo coronavírus. A decisão foi tomada pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, que acatou um pedido da defesa.

Geddel Vieira Lima. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Geddel está preso desde 2017 por lavagem de dinheiro e associação criminosa. Desde dezembro de 2019 ele está preso no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador. No tempo em que estiver em casa, o ex-ministro deverá fazer uso de tornozeleira eletrônica.

Na última terça, Toffoli havia concedido 48 horas para a Vara de Execuções Penais da Bahia enviar informações sobre a saúde de Geddel, após a defesa do ex-ministro pedir concessão de prisão domiciliar em razão da pandemia do novo coronavírus, segundo o G1.