Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Toffoli: ‘Lava Jato existe graças ao Supremo’

Vera Magalhães

O presidente do STF, José Antonio Dias Toffoli, defendeu o STF (Supremo Tribunal Federal) das acusações e críticas de que estaria agindo contra a Lava Jato em decisões como a do julgamento ainda não concluído, mas para o qual já existe maioria formada, de anular sentenças que tenham sido dadas sem que réus delatados tenham tido a oportunidade de se manifestar depois dos delatores em alegações finais.

Entrevistei o ministro para a Jovem Pan. Ele ainda defendeu a decisão liminar que deu, a pedido da defesa de Flávio Bolsonaro, e que teve seus efeitos estendidos a todos os casos similares, que impediu o uso de relatórios do Coaf em investigações sem que tenha havido autorização judicial. Também defendeu o inquérito sigiloso aberto por sua decisão e relatado por Alexandre de Moraes com a intenção de apurar fake news e ameaças a ministros da Corte. Segundo ele, o inquérito é constitucional, não é verdade que o Ministério Público não tenha acesso às investigações e ele ficará ativo “enquanto houver necessidade”.