Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Toffoli: Não haverá ‘solução militar’

Vera Magalhães

O presidente do STF, ministro José Antonio Dias Toffoli, disse neste sábado em Boston que não existe risco de os militares, que assumiram protagonismo no governo de Jair Bolsonaro, assumirem o poder. Ele foi além da pergunta do mediador do painel, Oscar Vilhena. Ele perguntou apenas se os militares exerceriam no atual governo o papel de “poder moderador”, que o Brasil já teve em Constituições passadas. Toffoli elogiou a atuação dos militares que têm cargos no governo. Disse que eles executam um papel de “excelência” e que são ciosos da democracia. “Não temos de temer uma solução militar. Não haverá”, afirmou.

O ministro disse que o Supremo, que também já exerceu o papel moderador no passado, não pode enveredar pelo ativismo, sob pena de cometer o mesmo erro que os militares cometeram em 1964. Segundo ele, o Ato Institucional nº 1 previa que os militares passassem o poder em 1965, o que não foi feito. / V.M.