Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Trad compara tratamento diferente entre Mandetta e Weintraub

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Primo do ministro da Saúde, o deputado Fábio Trad (PSD-MS) saiu em defesa de Henrique Mandetta. Com o atual titular da Saúde sendo “fritado” por sua posição ante o coronavírus, Trad comparou o tratamento “diferente” dado por Jair Bolsonaro, em especial comparando a atuação de Mandetta com o do ministro da Educação, Abraham Weintraub. “Um ministro da Educação investigado por racismo contra chineses pode. Um ministro da Saúde que trabalha em sintonia com a OMS e os mais avançados protocolos de saúde pública não pode”, escreveu.

Weintraub tem atacado a China nas redes sociais, culpando o governo chinês pelo atual estado da pandemia do coronavírus no mundo. Mandetta, por sua vez, virou “persona non grata” no Planalto, por defender as medidas de isolamento social e criticar quem defende o fim das quarentenas pelo País. “Para entender este governo, só com tratados de psiquiatria. Não tem jeito”, afirmou o deputado.