Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Tranquilidade’ de governo vira munição para oposição

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

A aparente tranquilidade de Jair Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes, viraram munição para a oposição após o coronavírus virar oficialmente uma pandemia e a Bolsa de Valores brasileira entrar em circuit breaker pela segunda vez na semana. Por exemplo, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), ironizou a “paz” de Guedes. “Lembro a todos que Paulo Guedes está ‘absolutamente tranquilo’, então o Brasil pode quebrar na santa paz. Do cemitério”, disse.

Já o também deputado Ivan Valente (PSOL-SP), foi para cima de Bolsonaro. “O que será que Bolsonaro vai inventar agora como polêmica pra desviar o foco de atenção do fato de que nem ele, nem Guedes fazem a mínima ideia do que fazer com a economia fragilizada diante da pandemia e com a queda do petróleo?”, escreveu.