Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

TRF-3 desobriga Bolsonaro de entregar exame de coronavírus hoje

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Atendendo a pedido da Advocacia-Geral da União, a desembargadora plantonista Mônica Nobre, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), suspendeu nesta tarde de sábado, 2, pelo prazo de cinco dias, a ordem para que o presidente Jair Bolsonaro entregasse hoje à Justiça de São Paulo os laudos de todos os exames realizados para verificar se foi contaminado ou não pelo novo coronavírus. Na quinta-feira, a juíza federal Ana Lúcia Petri Betto decidira dar mais 48 horas para que Bolsonaro enviasse todos os papéis dos testes da covid-19.

A decisão da Justiça Federal de SP foi tomada após o governo enviar ontem um relatório, assinado por dois médicos da Presidência da República em 18 de março, informando que Bolsonaro estava assintomático e havia testado negativo para a doença. Para Ana Lúcia, o documento da Presidência não atende “de forma integral” à determinação judicial da última segunda-feira. O Estadão garantiu no início desta semana o direito de obter os testes de covid-19 feitos por Bolsonaro. Por decisão da juíza, a União foi obrigada a fornecer “os laudos de todos os exames” feitos pelo mandatário.

O relatório médico apresentado pela AGU à Justiça Federal de São Paulo é assinado pelo assistente médico da Presidência, o especialista em ortopedia e traumatologia Marcelo Zeitoune, e o coordenador de Saúde da Presidência, o urologista Guilherme Guimarães Wimmer.

 

Tudo o que sabemos sobre:

examecoronavírusJair Bolsonaro