Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Troca de comando na Saúde Indígena

Equipe BR Político

A fisioterapeuta e militar Sílvia Nobre Waiãpi, uma das poucas mulheres que fez parte da equipe de transição do governo Jair Bolsonaro, vai assumir a Secretaria da Saúde Indígena (Sesai). O anúncio foi feito pela ministra da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, em um vídeo publicado em sua conta no Twitter nesta terça-feira, 23. Até o mês passado, a intenção do Ministério da Saúde era extinguir a Sesai.

A ministra afirmou que Sílvia é “extremamente preparada” para assumir o cargo. No vídeo, Damares também mandou “um recado para aqueles que disseram que Bolsonaro ia perseguir índio no Brasil: o presidente da Funai é índio, a secretária nacional de Saúde indígena é índia, a ministra é mãe de índia”. Empolgada, a ministra encerra o vídeo parabenizando o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pela escolha.