Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Trump e Bolsonaro: chuvas de verão?

Vera Magalhães

Em seu artigo nesta sexta-feira no Estadão, Fernando Gabeira compara os estilos de Donald Trump e de Jair Bolsonaro de negar dados, fatos, evidências e a realidade e dissertar sobre assuntos que desconhecem. Lembra o episódio da renúncia do general James Mattis, secretário de Defesa de Trump, que disse que o norte-americano tem “dificuldades cognitivas” depois que o chefe declarou, em tom de desdém, que entendia mais da Otan do que ele.

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump e o presidente do Brasil Jair Bolsonaro dão as mãos na Casa Branca

Jair Bolsonaro e Donald Trump na Casa Branca. Foto: Kevin Lamarque/Reuters

No caso brasileiro, diz Gabeira, Bolsonaro faz o mesmo com questões como a da soberania da Amazônia. “Há conservadores que dizem que a política é a arte de confortar as pessoas diante da desolação do real. O estilo de Trump e de Bolsonaro vai na direção oposta: tornar o real insuportável. São fenômenos novos, mas que as duas sociedades têm condições de tornar passageiros. Aliás, para dizer a verdade, esta é uma frase que tenho ouvido com frequência, sobretudo entre pesquisadores e cientistas que sabem o valor do conhecimento: ‘Isso passa’. E nem sempre essa frase conota resignação. Ao contrário, anima”, escreve.

Tudo o que sabemos sobre:

Donald TrumpJair BolsonaroAmazônia