Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Trump só tem a comemorar acordo do etanol sem tarifa

Equipe BR Político

Resta ao presidente dos EUA, Donald Trump, comemorar mais importação do etanol norte-americano sem taxa pelo Brasil com tamanha ironia do destino – a expectativa do setor brasileiro sempre foi de ser o maior produtor do etanol do mundo. “Fazendo grande progresso para nossos fazendeiros”, escreveu ele, adiantando que, em duas semanas, algumas contrapartidas do Brasil serão debatidas e aprovadas. Já na lista das promessas para cumprimento em um ano está o aumento da mistura de 10% para 15% de etanol na gasolina deles. Desde o início da guerra comercial de Trump contra a China, os produtores de etanol nos EUA vêm sofrendo com a queda na exportação.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em pronunciamento no salão Oval, na Casa Branca

Foto: Brendan Smialowski/AFP

O governo brasileiro decidiu elevar a cota de importação de etanol isenta da tarifa de 20% de 600 milhões de litros para 750 milhões de litros por um ano.