Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

TSE caminha com ações pela cassação da chapa de Bolsonaro

Equipe BR Político

Há duas ações pela cassação da chapa Bolsonaro-Mourão com tramitações adiantadas no TSE, sob relatoria do ministro Jorge Mussi, segundo informa o Valor. Uma delas é a proposta pela coligação do ex-presidenciável Fernando Haddad (PT) que questiona a entrevista de Jair Bolsonaro à TV Record no mesmo horário em que a TV Globo promovia debate com os candidatos antes da eleição. A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) alega que a Record deu “tratamento privilegiado” a Bolsonaro, rompendo a isonomia que orienta o processo eleitoral. O então candidato do PSL alegou à época razões médicas para não comparecer à agenda na Globo.

O outro processo, menos adiantado que o anterior, é sobre a instalação de outdoors em dezenas de cidades, bancados por terceiros, que poderiam ferir a Lei Eleitoral. As duas ações, segue o Valor, devem entrar na pauta do TSE após o fim do recesso de julho.

Tudo o que sabemos sobre:

Jorge MussiJair Bolsonarocassação