Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

TSE nega pedido de cassação do governador Ibaneis Rocha

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Em decisão unânime, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira, 27, negar recurso que pedia a cassação do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), acusado de compra de votos, abuso de poder econômico e abuso de poder praticado durante a campanha eleitoral em 2018.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Na absolvição, os ministros mantiveram decisão anterior do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF).

O voto do relator, ministro Og Fernandes, foi determinante para o julgamento. O magistrado afirmou que era necessária a apresentação de “provas robustas” para a identificação da compra de votos.

Cassação

O pedido de cassação de Ibaneis Rocha foi apresentado por seus adversários na campanha eleitoral de 2018, Rodrigo Rollemberg (PSB) e Fátima Sousa (PSol) ao TRE-DF. Segundo a acusação, condutas ilícitas teriam sido praticadas durante discurso em uma colônia agrícola, depois de Ibaneis prometer reconstruir com seu próprio dinheiro as casas que foram derrubadas no governo anterior. Tais construções estariam em área de proteção ambiental com ocupação irregular do solo.

Segundo o ministro Og Fernandes, tais promessas foram feitas em caráter genérico.

Tudo o que sabemos sobre:

Ibaneis RochaTSEcassaçãoabsolvido