Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Justiça do trabalho determina reajuste de 2,6% e fim da greve dos Correios

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou que os funcionários dos Correios devem receber um reajuste de 2,6% nesta segunda-feira, 21, e terminar a greve de trabalhadores da estatal que começou em 17 de agosto. A decisão determinou que os trabalhadores retornem às atividades a partir desta terça sob pena de multa de R$ 100 mil. 

Greve de trabalhadores da estatal começou em 17 de agosto

Greve de trabalhadores da estatal começou em 17 de agosto Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O tribunal entendeu que o movimento não foi abusivo, mas os ministros da seção em que o caso foi deliberado determinaram, por maioria, que sejam descontados do salário dos funcionários metade dos dias de greve.

Em 2019 o TST havia mediado o acordo coletivo entre os trabalhadores e os Correios previsto para durar até o fim de 2021 após uma semana de greve, mas no mês passado o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou uma liminar do ministro Dias Toffoli que dava vitória aos Correios e suspendia 70 das 79 cláusulas do acordo.    

No TST o ministro Ives Gandra Filho apresentou o voto que venceu, propondo que sejam mantidas 20 cláusulas referentes a benefícios sociais e outras nove que já foram aceitas pelos Correios. 

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), que representa 60 mil dos 100 mil funcionários da empresa não ficou satisfeita com a decisão. “Essa decisão, muito embora traga um reajuste, diga-se inferior ao justo a partir de perdas salariais com a inflação, não contempla a categoria porque mantém ataques a direitos duramente conquistados por anos”, afirmou o secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva. “É mais uma mostra de como o Judiciário se mantém servil ao patronato, atuando de forma político partidária”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

tstcorreiosreajustegreve