Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

TST reflete sobre reforma

Luiza Pollo

O ministro Brito Pereira, do Tribunal Superior do Trabalho, afirma que o órgão só poderá dar a palavra final sobre a abrangência da reforma trabalhista em agosto. Em entrevista ao jornal O Globo, ele defendeu a reforma, mas disse que alguns pontos podem cair no STF.

Pereira ainda afirmou que não tem sentimento de insegurança jurídica, com ou sem as alterações no texto inicial da reforma.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma trabalhista