Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Tucanos se reúnem terça para decidir se fecham questão na reforma

Marcelo de Moraes

O PSDB vai se reunir na próxima terça, em Brasília, para definir se o partido fechará questão ou não a favor da votação da reforma da Previdência. Pode parecer uma mera formalidade, já que integrantes importantes do partido participam diretamente dessa discussão ou a apoiam abertamente. Um exemplo disso é que os tucanos têm um de seus filiados, o ex-deputado federal Rogério Marinho, como secretário nacional de Previdência do governo Bolsonaro. Além disso, o relator da reforma é o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). Sem falar no apoio público dado à proposta pelo governador de São Paulo, João Doria, hoje a principal liderança nacional dos tucanos.

Apesar de tudo isso, internamente a discussão é diferente. Existe um grupo de deputados e senadores do partido que ainda têm o pé atrás em relação a vários pontos da proposta e também se preocupam com o desgaste político que a reforma poderá provocar nas campanhas municipais do próximo ano. É justamente para alinhar esse pensamento e tomar a temperatura do partido que o PSDB decidiu se reunir semana que vem. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

PSDBreforma da previdência