Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Um plano de desestatização ‘brutal’ para Bolsonaro

José Fucs

O grupo de economistas que está envolvido na elaboração do programa econômico de Bolsonaro,  liderado por Paulo Guedes, deverá propor ao pré-candidato um plano “brutal” de desestatização. Ele incluirá a desimobilização , a venda de ativos e a realização de concessões de serviços públicos e será realizado em dois a três anos, se Bolsonaro for eleito e encampar a proposta.

O objetivo do plano, que poderá render até R$ 1 trilhão,  é reduzir de forma substancial a dívida pública e os juros no País, além de gerar recursos para programas sociais e deflagrar uma onda de investimentos em infra-estrutura e de empregos no setor privado. / J.F.