Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Uma esperança a menos para Lula

Equipe BR Político

A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, afirmou que condenados em segunda instância não podem se candidatar, relata o Estadão. A fala de Cármen em evento realizado pela revista Veja nesta terça-feira, 29, atinge diretamente o ex-presidente Lula, condenado e preso no âmbito da Operação Lava Jato.

“Direito brasileiro não permite que haja, pela Lei da Ficha Limpa, o registro válido daquele que tenha sido condenado a partir de um órgão colegiado. Juridicamente, é isso que se tem no Brasil”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Cármen LúciaSTFLula