Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

União gasta R$ 7,1 bi como ‘fiadora’

Equipe BR Político

A União desembolsou R$ 7,1 bilhões neste ano para honrar dívidas bancárias de Estados e municípios em que figurava como avalista. O valor, mostra reportagem do Estadão desta terça-feira, supera em muito o gasto nesse tipo de operação no ano passado (R$ 4,8 bilhões) e mostra que a situação de descontrole fiscal dos entes federativos aumentou.

Os campeões de calotes tendo a União como “fiador” são os Estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais. A lei permite que, em resposta ao aval, o governo bloqueie recursos dos Estados e municípios, mas o Tesouro não tem recorrido a este expediente. Pela PEC do pacto federativo, enviada pela equipe do ministro Paulo Guedes ao Senado, a União fica proibida de dar garantias a novos empréstimos para Estados e municípios a partir de 2026, o que vai impedir que eles “pendurem” o calote no Tesouro Nacional.

Tudo o que sabemos sobre:

UniãodívidastesouroEstadosmunicípios