Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Vanderlei Macris repassou R$ 615 mil a posto de filho

Equipe BR Político

O posto de gasolina que pertence ao presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), recebeu R$ 615 mil em cheques da campanha do pai dele, o deputado federal Vanderlei Macris (PSDB), na eleição de 2018. Juntos, pai e filho repassaram R$ 881 mil para o posto de combustível. Com o valor, seria possível encher o tanque de mais de 3 mil veículos ou dar cerca de 50 voltas na Terra. Ambos, porém, não declararam a empresa como fornecedora de suas campanhas, informou o Estadão.

Em nota, o deputado federal repetiu a versão do filho de que fez uso da empresa de Cauê para “facilitar o pagamento dos cabos eleitorais” e que “utilizou de maneira totalmente transparente e legal o Posto União de Limeira para descontar cheques e garantir a agilidade do pagamento dos trabalhadores de campanha”. Sobre os recursos repassados pelo pai à sua empresa, Cauê disse, via nota, que Vanderlei Macris “foi a principal dobrada” dele na campanha, “o que significa que houve trabalho conjunto entre ambos”.