Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Vaza Jato’ e o autoritarismo à brasileira

Equipe BR Político

Para a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, as conversas reveladas pelo site The Intercept Brasil entre o então juiz federal Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça, e o procurador da Deltan Dallagnol sobre o andamento da Operação Lava Jato são um demonstrativo do autoritarismo brasileiro.

Ao site El País, Lilia afirma que “o que vimos ocorrer desde domingo, 9, com o vazamento de informações sobre Sérgio Moro, se chama patrimonialismo. O uso do Judiciário para causas particulares, como forma de vingança e de impedimento à que a democracia siga seu curso”.