por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Vélez admite ‘erro’e recua sobre gravação e slogan

Equipe BR Político

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, afirmou nesta terça-feira, 26, já recuou e determinou que sua equipe retire do e-mail enviado ontem a todas as escolas do País o trecho em que pede que crianças sejam gravadas em vídeo enquanto estiverem cantando o hino nacional. Ele também disse que “percebeu o erro” de inserir o slogan da campanha de Jair Bolsonaro “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos” ao final do e-mail.

“Eu percebi o erro. Tirei essa frase. Tirei a parte correspondente a filmar crianças sem a autorização dos pais. Evidentemente se alguma coisa for publicada será dentro da lei, com a autorização dos pais. Saiu hoje de circulação”, disse brevemente a jornalistas, antes da audiência pública na Comissão de Educação no Senado, informou o Broadcast Político.