Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Vélez por um fio, à espera do sucessor

Vera Magalhães

Jair Bolsonaro deu todos os sinais, na entrevista à TV Bandeirantes, de que o ministro Ricardo Vélez Rodríguez está por um fio. “Temos que resolver a questão da educação. Realmente não estão dando certo as coisas lá, é um ministério muito importante. Na minha volta da viagem de Israel eu vou conversar com o Vélez”, afirmou. Ainda assim, o presidente usou o Twitter para negar que tenha decidido demiti-lo.

A audiência pública do ministro na Câmara foi considerada um desastre no Palácio do Planalto. O ministro mostrou completo desconhecimento de programas de sua pasta, foi acuado por uma deputada jovem e em primeiro mandato — Tabata Amaral (PDT-SP), representante de movimentos de educação — e admitiu o nó político em que a pasta está mergulhada. Segundo aliados de Bolsonaro, ele só não anunciou ainda a queda de Vélez porque existe uma intensa disputa entre alas do governo pela sucessão no MEC — disputa que é responsável, desde a posse, pela completa paralisia da pasta. / Vera Magalhães