Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Vídeo amador da Embratur vem após MP que aumentou orçamento do órgão

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O presidente da Embratur, Gilson Machado, tem conseguido colocar o Brasil em destaque, mas não da forma que esperava. Neste final de semana viralizou um vídeo no qual, com um inglês macarrônico, Machado convida turistas australianos para conhecer o Brasil. Com jeito de improviso, Machado fala de praias, cachoeiras e das similaridades entre os dois países. Termina dizendo que espera ver “em breve” os australianos visitando nosso País.

A peça, que pode ser chamada de amadora, vai na contramão do que se prometia para o futuro da Embratur no governo Bolsonaro. Por meio de uma medida provisória, o órgão foi transformado em uma agência, deixando de ser uma autarquia. A justificativa era justamente uma maior captação de recursos para a promoção do Brasil no exterior. Na ocasião, falava-se em aumentar o orçamento da Embratur de US$ 8 milhões para US$ 120 milhões em 2020.

Machado é um nome bastante próximo de Bolsonaro. Chegou, inclusive, a ser cotado para disputar a prefeitura de Recife nas eleições deste ano. Na última semana, ele também ganhou destaque na mídia estrangeira por participar de uma “homenagem” de Bolsonaro às vítimas do covid-19. De forma um tanto desafinada, ele entoou o “Ave Maria” de Franz Schubert, ao som de uma sanfona. Acabou virando chacota em um programa português.

Tudo o que sabemos sobre:

Gilson MachadoEmbratur