Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Villas Bôas ‘preocupado’ com o amigo Chagas

Equipe BR Político

Enquanto o principal alvo de operação da Polícia Federal desta manhã de terça, 16, ironizou a ação policial, o assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Eduardo Villas Bôas, demonstrou preocupação com as buscas feitas pela corporação na residência do general da reserva Paulo Chagas, candidato ao governo do Distrito Federal pelo PRP na última eleição. “Conheço muito o general Paulo Chagas. Amigo pessoal meu e confesso que estou preocupado. Vamos acompanhar os desdobramentos disso”, declarou Villas Bôas, após sessão de homenagem ao Dia do Exército na Câmara, informa o Broadcast Político. Ele acrescentou que estava preocupado com “as restrições que o general Paulo Chagas possa estar sofrendo”. A PF apreendeu um computador de Chagas.

A investigação a cargo do STF suspeita que mensagens publicadas pelo militar estariam difundindo crimes contra a honra dos ministros e o fechamento do Supremo. O ministro Alexandre de Moraes  afirmou, nas alegações para bloqueio das redes sociais ligados ao militar e dos outros seis investigados, que “em pelo menos uma ocasião, o investigado (Chagas) defendeu a criação de um Tribunal de Exceção para julgamento dos ministros do STF ou mesmo para substitui-los”.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Villas BôasGSIPaulo Chagas