Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Vitor Hugo fala em ‘esforço’ para votar 2º turno da reforma na terça

Equipe BR Político

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), afirmou nessa segunda-feira, 5, em entrevista à rádio CBN, que há um esforço dos parlamentares para votar a reforma da Previdência em segundo turno na terça-feira, 6, e que, após isso, haverá espaço da agenda da Casa para outros temas importantes. Ao ser questionado sobre o clima na Câmara, caso Estados e municípios sejam reincluídos no texto da reforma no Senado, o líder não cravou uma posição, ao dizer que isso dependerá da “mobilização dos líderes”. Vitor Hugo pontuou, no entanto, que a inclusão dos entes da federação no texto significaria uma economia adicional de cerca de R$ 350 bilhões, o que seria positivo para as contas do País como um todo.

Segundo o líder, houve um esforço, na semana passada, para mobilizar número suficiente de deputados, o quórum mínimo é de 51, para abrir mais uma sessão no plenário hoje, data em que o Congresso retoma suas atividades, ou amanhã. Assim, os deputados cumprem o interstício para a votação entre primeiro e segundo turnos, de cinco sessões. “Caso isso não seja possível, também podemos votar um acordo, como já ocorreu antes, para quebrar o interstício”, disse Vitor Hugo.”Embora a oposição tenha dito que foi vitória atrasar o segundo turno para o segundo semestre, após contato com as bases, nosso sentimento é justamente o contrário. A despeito de mobilização da oposição, acho que vamos conseguir superar também eventuais destaques agora”, continuou.

Tudo o que sabemos sobre:

Vitor Hugoreforma da previdência