Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Voluntário brasileiro de testes da vacina de Oxford morre com covid-19

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um voluntário brasileiro que participava da pesquisa da vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford com a farmacêutica AstraZeneca morreu por complicações da covid-19 nesta semana. Nesta quarta-feira, 21, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou o caso e disse ter sido comunicada na segunda, 19, do óbito. Ainda não se sabe se o homem havia recebido a vacina ou o placebo nos testes.

Em nota a Anvisa informou que recebeu dados da investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança e que o grupo de especialistas não recomendou a interrupção do estudo.

“Com base nos compromissos de confidencialidade ética previstos no protocolo, as agências reguladoras envolvidas recebem dados parciais referentes à investigação realizada por esse comitê, que sugeriu pelo prosseguimento do estudo. Assim, o processo permanece em avaliação”, diz o informe.

Tudo o que sabemos sobre:

vacinaOxfordcoronavírustestes