Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Votação da MP da Esplanada é adiada

Equipe BR Político

Um pedido de questão de ordem do deputado Diego Garcia (Podemos-PR) provocou o adiamento da votação da Medida Provisória 870, que trata da reorganização dos ministérios, no plenário da Câmara dos Deputados. O pedido foi para que fosse respeitada a ordem das outras medidas provisórias que já estavam na fila do plenário.

Partidos de centro e direita haviam negociado um acordo com o presidente da Casa para que a medida fosse votada na sequência de sua aprovação na Comissão Mista do Congresso, que deu aval para a mudança do Coaf do Ministério da Justiça para a Economia. O adiamento da votação, no entanto, pode colocar em risco a validade da MP – que vence no dia 3 de junho. A manobra abriu espaço para tentativas de obstrução das próximas sessões e também de reversão de pontos dos quais é contra. “Tem muita medida provisória ainda e essa (dos ministérios) vence só daqui quatro semanas. Como a base ainda está muito desorganizada, vai ter de ter uma organização rápida da base para poder organizar e superar todas as que estão para chegar na MP 870″, disse Rodrigo Maia logo após encerrar a sessão, informa o Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

MP 870Rodrigo Maia