Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Votação da Previdência na CCJ deve ficar para abril

Equipe BR Político

O presidente da CCJ da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), afirmou que o mais “executável” é que a reforma da Previdência seja votada no colegiado por volta do dia 3 de abril. “Eu já havia dito que a data mais otimista seria dia 28 (março), mas já previa alguns percalços”, disse ao Broadcast Político. Caso haja atraso no envio da proposta dos militares, Francischini disse que irá conversar com os parlamentares para ver qual é “o clima” e decidir como prosseguir.

Francischini deve indicar o relator da reforma no colegiado ainda nesta semana, logo após o envio da proposta pelos militares ao Congresso. “Farei na quarta, dependendo do horário ou na quinta”, afirmou. Ainda estão em avaliação os nomes para a relatoria. Certo é que não deve ser um deputado estreante nem da oposição ou do PSL.