por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Votação da reforma da Previdência reduz o risco País

Marcelo de Moraes

A votação da reforma da Previdência em primeiro turno, na Câmara dos Deputados e a possibilidade de sua aprovação no Congresso nos próximos meses reduziram a percepção de risco do investidor internacional sobre o Brasil. Segundo informa reportagem do Estadão, essa percepção de risco caiu para o menor patamar em quase cinco anos.

“O Credit Default Swap (CDS) de cinco anos, espécie de termômetro do risco país, era negociado ontem em 128 pontos, patamar que não era registrado desde setembro de 2014 – quando o Brasil era classificado como grau de investimento pelas agências de rating”, cita a reportagem.

 

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdência