Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Waldir cita ‘compra de votos’ e Planalto aciona a AGU

Equipe BR Político

A nova ofensiva do deputado Delegado Waldir (PSL-GO) é a acusação de que o presidente Jair Bolsonaro está por trás de eventual compra de votos de deputados com cargos e fundo partidário para alçar o filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ao posto de líder da bancada hoje ocupado pelo parlamentar de Goiás. Segundo Waldir disse ao Estadão, esse seria o conteúdo da gravação de áudio em que ele fala que “implodirá” o presidente. “A gravação que tem é a que já foi divulgada. É na qual ele pede votos, negociando com parlamentares e comprando a vaga do filho dele na liderança do PSL, oferecendo cargos e fundo partidário”, afirmou.

Por outro lado, o Palácio do Planalto contra-ataca ao acionar a Advocacia-Geral da União para processar o líder do PSL na Câmara, o que causa mal-estar entre integrantes da instituição por entenderem que o órgão não tem a função de defesa particular do presidente da República, mas sim de atos do governo, como informa o Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

Delegado WaldirPSLJair Bolsonaro