Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Weintraub avisa que pode suspender aulas por coronavírus

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, avisou que pode suspender aulas em universidades federais caso a crise com o coronavírus continue crescendo. Em vídeo divulgado nas redes sociais, desta vez sem “lacração”, o titular do MEC pede que as instituições de ensino estejam preparadas para eventuais “medidas de emergência”. “Nós já estamos nos preparando, sempre orientados pelo Ministério da Saúde, para que caso venha acontecer qualquer coisa, os danos sejam os menores possíveis. Uma cidade ou região que precise ter uma atenção mais especial para que nós tenhamos prontos um plano de aulas remotas”, avisou.

 

A fala de Weintraub, no entanto, vai de encontro às diretrizes do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que mantém discurso pela redução do alarmismo com a doença. Mandetta inclusive já se posicionou contra a suspensão de aulas em uma fala durante audiência na Câmara dos Deputados. Segundo o ministro, a suspensão das aulas pode tornar-se potencial risco para avós de crianças que, pela idade, integram o principal grupo de risco do coronavírus.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub

O ministro da Educação, Abraham Weintraub Foto: Dida Sampaio/Estadão

Como você leu no BRP, apesar de Mandetta ter mantido discurso de minimizar o impacto do surto no Brasil, a decisão da OMS de classificar o surto como pandemia deve mudar os protocolos para lidar com o covid-19 no País.

Tudo o que sabemos sobre:

Abraham Weintraubcoronavírusescolasaulas