Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Weintraub diz que recebeu ajuda de ‘dezenas’ de pessoas para sair do Brasil

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub agradeceu nesta segunda-feira, 22, às “dezenas de pessoas” que o ajudaram a deixar o Brasil. Ele foi exonerado oficialmente do cargo no último sábado, em edição extra do Diário Oficial da União, após ter chegado a Miami.

Foto: Reprodução/ Twitter

“Agradeço a todos que me ajudaram a chegar em segurança aos EUA, seja aos que agiram diretamente (foram dezenas de pessoas) ou aos que oram por mim”, escreveu o ex-ministro do governo Bolsonaro no Twitter. Como você leu no BRP, para viajar driblando a restrição a brasileiros imposta pelo governo norte-americano em razão do descontrole da pandemia do novo coronavírus, Weintraub fez uso do passaporte diplomático a que tinha direito como ministro, mas que teria de devolver após a exoneração.

O ex-ministro foi indicado pelo governo brasileiro para ocupar uma diretoria no Banco Mundial, que ainda precisa ser chancelada por outros oito países.

Apesar de ter deixado Brasil, Weintraub mostra que não deixou o deboche de lado. Na postagem, ele publicou ainda uma foto em que aparece em frente a uma loja da rede Taco Bell e outra de um pacote da rede KFC. “Quanto à culinária internacional, ontem fiquei tentado a comer uns tacos, acabou sendo KFC”, completou.

Tudo o que sabemos sobre:

Abraham WeintraubEUA